O que é o leite vegetalVocê já se perguntou o que é o leite vegetal que todo mundo fala? Como o próprio nome já diz, são leites produzidos a partir de matéria-prima vegetal e, portanto, sem proteínas animais em sua composição. Achou estranho? Não ache.

O leite vegetal é geralmente utilizado por adultos que não se dão bem com a lactase, que é a proteína do leite que vez ou outra provoca distúrbios gástricos. Também há uma série de pessoas — veganos e vegetarianos — que simplesmente não consomem proteínas animais, mas não querem abrir mão do leite em sua dieta alimentar. Então, optam pelo leite vegetal.

Os tipos de leite vegetal

O leite vegetal mais comum é o de soja, mas hoje você já encontra o leite de amêndoas, coco, aveia e arroz nos melhores supermercados e lojas de suprimentos alimentares. As pessoas que consumem esse tipo de alimento admitem que seu paladar não é tão confortável como o bom e velho leitinho de vaca, mas procuram diminuir essa diferença de gosto maturando mais o produto antes de seu consumo, o que conseguem simplesmente envelhecendo o líquido antes de bebê-lo. Na verdade, as pessoas consomem leite vegetal por uma questão de saúde, e não de paladar.

Origem e benefícios do leite vegetal

Esse tipo de bebida é obtida por meio da moagem dos grãos da matéria-prima utilizada na sua fabricação, e por isso são ricos em fibras, livres de colesterol e com baixo conteúdo glicêmico. Seus principais nutrientes, no entanto, não diferem muito do leite de vaca: cálcio potássio e vitaminas A e B.

Cuidados

Antes de trocar o leite de vaca pelo leite vegetal, tome dois cuidados importantes e fundamentais para sua saúde:

• examine bem os rótulos dos produtos disponíveis no mercado com essa especificação, porque a maioria dos leites vegetais contém glúten, que não faz bem para a saúde (aí você troca um problema por outro);

• se vai trocar proteína animal pela proteína vegetal, no caso do leite ou qualquer outro alimento (a carne, por exemplo) prepare-se para consumir muito mais proteína vegetal do que animal. Esta última alimenta e sacia muito mais, é mais nutritiva. Ou seja, quem come carne e leite de animais, come menos. 

A proteína animal tem os seus problemas, mas também continua sendo unanimidade entre os consumidores. 

E aí, vamos experimentar esse leite? Conta pra gente o que achou.

Rolar para cima