De um lado, aqueles que defendem a ingestão de três canecas de leite por dia como se fosse a grande solução alimentar, do outro, os que demonizam o leite alegando que esse alimento acarreta inúmeros problemas de saúde. Nenhum dos extremos está absolutamente correto.

Somos os únicos mamíferos que bebem leite na idade adulta. Este será, provavelmente, o argumento mais vezes repetidas entre aqueles que defendem que os humanos não deveriam consumir leite. Mas para muitos especialistas e defensores do consumo de leite, não chega sequer a ser um argumento. Os humanos são os únicos mamíferos a comer batatas fritas, carne grelhada ou peixe cozido, por exemplo.

Siga com a leitura e tente chegar a um consenso se leite em excesso faz mal, ou não!

O leite de vaca é prejudicial para o ser humano?

O leite de vaca não faz mal porque é um dos alimentos mais completos e nobres que existe, e contém todas as proteínas e aminoácidos essenciais para uma boa nutrição. O alimento também é rico em cálcio para a formação dos ossos e dentes, e ácidos graxos que são ótimos para o fortalecimento do sistema neurológico.

Podemos tomar em qualquer idade?

Sim, podemos. O leite é essencial nas três fases de nossa vida. Da infância à adolescência, na nossa fase adulta e até na melhor idade. Ele fornece o cálcio para os nossos ossos e dentes, e é um elemento importante em todas as nossas fases.

O excesso de leite faz mal?

O excesso de leite especialmente o integral, pode levar ao aumento dos níveis de colesterol e a outros problemas, como esteatose hepática (acúmulo de gordura no fígado) e obesidade visceral (acúmulo de gordura no abdômen);
Ao longo do envelhecimento natural, a lactase, enzima responsável por quebrar a lactose, é produzida em menor quantidade. Por isso, a grande maioria das pessoas mais velhas não consegue dar conta do consumo elevado da substância. A situação faz com que o leite seja mal digerido e interpretado como um agente agressor, causando a liberação de citocinas pró-inflamatórias, que induzem ao desenvolvimento de rinites, sinusites e dermatites. O excesso de cálcio também está relacionado à formação de pedra nos rins;

Claro que para se chegar a esse nível, a pessoa tem que ter consumido um grande quantidade de leite, diariamente, e por um longo período de tempo. 

Gostou de saber disso? Siga-nos para mais assuntos relacionados ao mundo dos laticínios

 

Rolar para cima
Copy link
Powered by Social Snap