Ao fazer queijo é certo que podemos nos deparar com alguns probleminhas, como toda receita caseira, contudo não se frustre…Isto pode acontecer até aos mais experientes.

Esse assunto inclusive sempre é comentado em nossas redes sociais, clique aqui e releia textos sobre o assunto!

Se você é perfeccionista, não fique desanimado, pois há muitas variáveis envolvidas, às vezes imprevisíveis, cada receita de queijo pode se comportar de maneira diferente, mesmo fazendo os mesmos processos repetidamente.

Vejamos uma das possíveis causas e como podem ser corrigidas:

O queijo ficou com textura semelhante à borracha? Mas afinal, por que os queijos ficam emborrachados? Uma das possíveis causas pode ser o excesso de coalho ou a alta temperatura durante o processo de dar o ponto da massa.

Trata-se de um defeito simples e, entre os demais, o mais fácil de ser corrigido, basta ajustar a quantidade de coalho e a temperatura de aquecer a massa.

Quando o queijo está mole demais, cor esbranquiçada e cheiro e gosto ruim, possivelmente é Clostrídios e ou bacilos via água contaminada. Se olhar a casca ela estiver escura pode ser falta de acidez ou excesso de acidez. Se o queijo tiver trincado foi desidratado na salga.

Quando apresentam ácaros e sarnas a prensagem pode ter sido excessiva. Quando tem presença de mofo precisa ser lavado e escovado. Quanto ao sabor, se for ácido umidade excessiva ou acidez inadequada do leite. Amargo excesso de coalho ou de fermento pode ser ainda pouco sal. O gosto de ranço vem do leite rançoso.

As soluções desses problemas passam na maioria das vezes pela pasteurização e “Boas Práticas de Fabricação”. A higiene deve iniciar ainda no processo de ordenha e indo até a etapa final do processamento do queijo.

Os queijos Taquari passam por rígidos processos de qualidade, garantindo assim o melhor sabor para sua mesa!

Rolar para cima
Copy link
Powered by Social Snap