Você sabia que o queijo camembert vai entrar em extinção? Não venha me dizer que você não sabe de qual queijo estamos falando, ele é aquele queijo que parece com o queijo Brie, por ser redondo, e cremoso por dentro, sendo muito utilizado para fazer biscoitos norte-americanos. Lembrou? Isso, ele é aquele que combina perfeitamente com vinho tinto.

Bom, continuando. O queijo camembert está quase entrando em extinção, confira porquê.

Por que o queijo camembert vai entrar em extinção?

Por formularem um jeito diferente de produzi-lo, atualmente estão fabricando-o com uma casca mais rígida e uma textura mais pra borrachudo que para mole, isso porque tem 360 milhões de formas de produzir esse queijo, mas hoje apenas 4% são elaboradas pelos métodos tradicionais.

Por esse motivo especialistas acreditam que ele vá entrar em extinção logo logo, o que significa que quem nunca o provou, nunca mais terá a chance; ou terá que pagar uma bagatela generosa para os poucos no mundo que guardarem suas unidades.

No ano de 2007 algumas empresas copiaram a iguaria de forma a fabricar o queijo – pasteurizando com leite fervido, um processo mais rápido e barato. O resultado obtido é um queijo mais duro e com pouca maciez, com gosto menos apurado.

E como é o queijo camembert original?

Lembrando que o queijo camembert original é feito com leite de vacas especificamente criadas na região da Normândia, alimentadas com capim e feno do pasto local, tudo de forma tradicional.

A diferença é que a produção original, com leite cru, recebe um rótulo francês de qualidade chamado “AOC” (sigla para o termo francês “de origem protegida”). 

O problema então começou quando as grandes indústrias foram na justiça pelo direito de garantir o selo “AOC” aos queijos camembert pasteurizados. 

Nessa batalha judicial, a corte francesa favoreceu os pequenos produtores de queijo. Ficou assegurado, então, que somente produtores da Normândia poderiam comercializar o camembert com o selo “AOC”. 

Porém, no meio desse processo, muitos pequenos produtores decidiram vender suas marcas, fazendo com que a indústria ampliasse ainda mais seu domínio no mercado. 

Mesmo com a vitória dos mais “puristas” nos tribunais, nada impede que haja possíveis confusões ao comprar queijos camembert. Isso porque as grandes indústrias podem utilizar sem problemas no rótulo a descrição “camembert fabricado na Normândia”, mesmo que se trate de uma produção pasteurizada. Por esse motivo pode ser extinto. 

Rolar para cima
Copy link
Powered by Social Snap