A imagem mostra vários tipos de queijo

A culinária é uma manifestação cultural que muda e se desloca conforme os costumes dos povos ao longo das eras. Fique tranquilo, isso não é uma aula de história. É que o queijo é um alimento milenar consumido no mundo todo há muito tempo e assim é natural que existam queijos bem exóticos.

Essas queijos chegam a ser bastante populares em seus países de origem ou entre degustadores e especialistas, mais a maioria dessas iguarias estranhas você nunca ouviu falar.

Quer ver?

Queijo Cazu Marzu

O queijo Cazu Marzu italiano é conhecido como “queijo podre” ou “queijo de vermes”, porque é servido com larvas vivas que habitam o interior dessa iguaria fina, cara e consumida pela imensa maioria dos italianos que gostam de queijo e ovelha e possuem uma renda que permita a aquisição do produto. A larva é um sinal de que o queijo está ok para o consumo. Se as larvas morrerem, aí sim é que o queijo estará podre e impróprio para ser degustado.

Milbenkase

O Milbenkase alemão é mais raro e caro, e só existe em uma determinada cidade, Wuerchwitz. Demora três meses para maturar em caixas de madeira onde acumulará propositalmente ácaros (isso mesmo), considerado por especialistas como indispensável ao sabor peculiar desse queijo muito estranho – mas muito saboroso, segundo aqueles que já o experimentaram.

Char Coal

O Char Coal Cheese inglês é peculiar porque parte da mistura inusitada de queijo cheddar com carvão. Isso mesmo, você não leu errado. A partir dessa interessante mescla de sabores surgirá um queijo consistente, saboroso e bastante consumido nas terras da Rainha Elizabeth, o único lugar, aliás, em que é produzido o verdadeiro queijo Cheddar.

Vamos parando por aqui, nossa lista de queijos exóticos já está bem interessante, senão vamos ter que falar do Human Milk produzido nos Estados Unidos, que, como o nome já diz… bem, você entendeu.

 

 

 

 

Rolar para cima
Copy link
Powered by Social Snap